MídiaOn Agência Digital

NOTÍCIAS EM DESTAQUE

  • 10º BPM forma 66 novos sargentos na região oeste

  • Amanhã terça-feira 9 não haverá eleição da mesa diretora da câmara

  • Prefeitura premia vencedores do concurso de desenho e redação do Programa Despertar

POLÍTICA

Em nota, Eltinho responde acusação de ex-funcionário da Câmara

Venho a público responder as acusações relatadas contra mim pela pessoa do Sr. Joelson Me...
Continue Lendo

Câmara pode aumentar salário de parlamentares para até 35,9 mil

O projeto que reajusta os salários de parlamentares, ministros, presidente e vice-presidente da Rep&uac...
Continue Lendo

Fim de papo no Legislativo

Ao menos para o grupo dos NOVE O novo presidente Elton Alves Poucas pessoas foram a sessão ...
Continue Lendo

VEREADORES

Aguardando Arte
Aguardando Arte
Lojão do Povo

MAIS NOTÍCIAS

Sítio Grande: Freio falha, caminhão desce serra desgovernado sai da pista e mata motorista

O caminhão passou pela curva e caiu em uma pequena ribanceira ... Continue Lendo

Chuva forte alaga avenidas e causa transtornos no trânsito em Rio Preto

Avenidas Alberto Andaló e Brasilusa ficaram alagadas com a chuva. Tr... Continue Lendo

Obama recebe enfermeira Nina Pham, curada de ebola, na Casa Branca

Nina Pham foi a primeira pessoa a pegar ebola em território americano.&nb... Continue Lendo

Jovem é morto a tiros no quintal de casa no bairro São Pedro, em Barreiras

  Populares na frente da residência do jovem que está caind... Continue Lendo

A campanha eleitoral de 2016 já está começando?

Segunda-feira, 26 de Janeiro de 2015 às 08:51 | Seja o primeiro a comentar!
Política


Cabo Carlos na Segurança. Foto de Carlos Alberto Reis Sampaio

Conversas de pé-de-orelha, hoje, durante evento da cidade, comentavam que três candidatos estão encilhando o burrão para enfrentar a jornada da sucessão municipal: um nome sairia do Grupo Franciosi; outro do Grupo de Oziel Oliveira, que todos comentam ser Eder Fior; o terceiro seria Fábio Lauck, que articula apoio inclusive do Partido dos Trabalhadores. Entre essas indicações para pré-candidatos, existem no mínimo outras três que aspiram o poder na Vila do Mimoso.

Por mais precoce que possa parecer qualquer previsão, ao menos na superfície, o Grupo Humberto Santa Cruz – Franciosi – Fábio Lauck ainda continua pensando em comum.
Outra notícia importante: Cabo Carlos seria mesmo o novo secretário de Segurança do Município, com o advogado Márcio Rogério assumindo a sua suplência na Câmara.

Nada disso tem carimbo oficial, mas quando começa a sair fumaça depreendemos que por baixo pode ter fogo.

Blog Nei Vilares/O Expresso LEM
Comentar

Humberto participa da posse da nova diretoria da UMOB

Segunda-feira, 26 de Janeiro de 2015 às 08:48 | Seja o primeiro a comentar!
Política

O prefeito de Luís Eduardo Magalhães, Humberto Santa Cruz, participou na noite de ontem, quarta-feira, 22, da solenidade de posse da nova mesa diretora da União dos Municípios do Oeste da Bahia (UMOB), entidade que presidiu entre os anos de 2013 e 2014. A assembleia realizada na Câmara de Vereadores de Barreiras, contou com a presença de prefeitos, vice-prefeitos, vereadores e secretários de municípios da região, além de representantes de entidades e órgãos públicos.

Para Humberto o dia a dia da UMOB, nos últimos dois anos, foi marcado pela busca de investimentos para solução dos principais problemas da região. “Muito além da agricultura e pecuária, contribuímos para que políticas públicas e projetos nas áreas de educação, meio ambiente, assistência social, infraestrutura e saúdes sejam implantadas”, comentou.

O prefeito e ex-presidente da entidade lembrou ainda as reuniões itinerantes que possibilitaram conhecer in loco a realidade e as demandas de vários municípios. Muitas destas reuniões contaram com a presença de secretários de estado e até do comando da Polícia Militar, sem com apoio do então deputado federal, atual vice-governador e secretário de Planejamento do Estado, João Leão.

Humberto citou também a criação dos consórcios intermunicipais na área de infraestrutura e saúde, idealizados ao longo de sua gestão. “Os consórcios consistem em eficazes instrumentos de cooperação para realização de objetivos de interesse comum e consequentemente a resolução de problemas”, observou o prefeito, usando, como exemplo a oferta dos serviços de média complexidade, como consultas especializadas e exames de imagem. “O município, sozinho, nem sempre tem capacidade financeira para oferecer esses serviços”, continuou.

À nova mesa diretora, que passou a ser presidida pelo prefeito de Cotegipe, Marcelo Mariani, o prefeito de Luís Eduardo Magalhães e ex-presidente da UMOB, Humberto Santa Cruz, desejou sucesso na nova missão. “A UMOB se tornou indispensável para que possamos garantir a continuidade das transformações sociais e o desenvolvimento da nossa região”, reforçou, conclamando ainda todos os prefeitos para que, independente de divergências ideológicas e políticas, para fazer o que o povo espera de seus governantes.

Para o presidente empossado, a gestão do prefeito de Luís Eduardo Magalhães a frente da entidade foi responsável por tirar a UMOB do “ostracismo”. “O trabalho de Humberto nesses dois anos foi de alto nível e fora do comum. Precisamos dar continuidade ao que já foi feito, sempre com a obrigação de fazer aquilo que beneficia a população do oeste”, disse.

A nova mesa diretora da União dos Municípios do Oeste da Bahia é formada, além do presidente e prefeito de Cotegipe, Marcelo Mariani, pelo prefeito de São Desidério, Demir Barbosa, como vice-presidente; Jabes Junior de Formosa do Rio Preto, primeiro secretário, Leopoldo de Oliveira Neto, segundo secretário, Hamilton Santana de Lima, prefeito de Riachão das Neves e Gilvan Pimentel Ataíde, de Catolândia, segundo secretário.

Blog Nei Vilares
Comentar

Capitão Gama volta ao comando da 5ª CIA. Capitão Paulo vai para Formosa do Rio Preto

Sexta-feira, 23 de Janeiro de 2015 às 08:52 | Seja o primeiro a comentar!
Política


Capitão Gama e  Capitão Paulo


A informação foi dado pelo comandante do 10º BPM, Major Uzêda, na noite desta quinta-feira, 22, durante reunião do Conselho de Segurança de LEM.

A troca de comando já será no dia 4 de fevereiro.

Capitão Paulo conquistou a simpatia da sociedade e a admiração dos seus subordinados. Foi sem sombra de dúvidas, um grande comandante.

Capitão Gama foi o comandante que botou ordem na casa. Quando o mesmo passou por LEM, em sua primeira passagem, era comum motociclista andar sem capacete e de carros irregulares perambular pela cidade. Sua saída foi marcada por protesto de “Fica Gama”.

Capitão Paulo assumirá a 3ª de Formosa do Rio Preto que ainda abrange os municípios de Riachão das Neves, Santa Rita de Cássia e Mansidão.

Enfim, dos males o menor: Perdemos um grande comandante, mas ganhamos outro grande comandante.

Blog Nei Vilares/Blog do Sigi Vilares
Comentar

Rompimento de Rui Costa com PDT mostra antecipação por 2016

Quinta-feira, 22 de Janeiro de 2015 às 08:57 | Seja o primeiro a comentar!
Política

O rompimento do governador Rui Costa (PT) com o PDT, anunciado ontem pela manhã, foi o auge da crise interna que levou o partido a uma disputa fratricida e à demissão da secretária de Agricultura, Fernanda Mendonça, apenas 20 dias depois da posse. Além de expor a queda de braço entre os dois principais líderes da legenda na Bahia – o presidente da Assembleia, Marcelo Nilo, e o deputado federal Félix Mendonça Júnior, que comanda a sigla no estado -, o fim das relações de Rui com o PDT mostra claramente a disposição do petista em antecipar os movimentos no xadrez eleitoral de 2016. “Fomos ao presidente nacional, Carlos Lupi, explicitamos a ele a posição política do novo governo, de que era preciso escolher um lado. Nós somos abertamente adversários do prefeito de Salvador (ACM Neto, do DEM) e avisamos que não dá para estar com os dois ao mesmo tempo”, afirmou o secretário de Relações Institucionais, Josias Gomes, que comunicou a ruptura a Félix Júnior em um telefonema ontem pela manhã. “Eles queriam algo mais que a gente não pode dar”, disse Félix, ao se referir à imposição de Rui para que o PDT deixasse os cargos na prefeitura. Leia mais no Correio*.

Blog Nei Vilares/Politica Livre
Comentar

Criado o Comitê de Segurança Pública de Luís Eduardo Magalhães

Quinta-feira, 22 de Janeiro de 2015 às 08:55 | Seja o primeiro a comentar!
Cidade

Foi publicado no Diário Oficial de hoje a instituição do Comitê Interinstitucional em Segurança Pública Regional – CISP Luís Eduardo Magalhães.

O Comitê Interinstitucional em Segurança Pública Regional tem a finalidade de organizar, no âmbito regional, uma rede articulada e integrada, visando ampliar e multiplicar ações e iniciativas interinstitucionais em segurança pública e defesa social. Compete ao órgão, que terá à frente o Ministério Público do Estado:

I.  fomentar redes de cooperação, no âmbito local e regional, visando auxiliar o exercício das funções institucionais conferidas ao Ministério Público;
II.  colaborar com os órgãos e entidades publicas e com entidades privadas em campanhas educativas tendentes a abordar a problemática da violência;
III.  colaborar, facilitar e estimular a implementação e instrumentalização de diretrizes, estratégias, prioridades, intervenções e iniciativas voltadas aos objetivos do CISP REGIONAL;
IV.  promover, alinhada com as estratégias e ações que assegurem a inserção transversal da temática da segurança pública, a atuação integrada, cooperada e articulada das instituições que tenham atuação na região;
V.  identificar oportunidades de parcerias com instituições públicas e privadas e a sociedade civil, especialmente na promoção de ações proativas, locais e regionais, de defesa social e de segurança pública;
VI.  estimular e participar do intercâmbio de idéias, experiências e informações voltadas às questões de segurança pública e suacontínua e ampla aquisição e compartilhamento;
VII.  contribuir e participar da coleta, sistematização e armazenamento de informações relativas à temática da segurança pública, no âmbito regional, especialmente aquelas relativas ao controle externo da atividade policial e às estatísticas criminais;
VIII.receber e analisar propostas de especialistas e representantes de outros órgãos, instituições públicas ou privadas e de organizações da sociedade civil, voltadas às ações do Comitê;
IX.realizar e participar de audiências públicas encontros, seminários, debates e eventos similares voltados à divulgação de informações e de conteúdos relativos à finalidade do CISP REGIONAL e à temática da segurança pública, no âmbito da região;
X.elaborar seu regimento interno, submetendo-o à aprovação do Procurador-Geral de Justiça.
Na composição do CISP REGIONAL de Luís Eduardo Magalhães deverá ser assegurada a participação de representantes das seguintes instituições ou segmentos atuantes na região:
I.  2ª Promotoria de Justiça de Luís Eduardo Magalhães;
II.  Polícia Militar da Bahia/Companhia Independente de Policiamento Especializado – Cerrado;
III.  Delegacia de Polícia Civil;
IV.  Conselho Comunitário de Apoio à segurança – CONSEG;
V.  Faculdade Arnaldo Horácio Ferreira – FAAHF;
VI.  Sindicato dos Servidores Públicos do Município de Luís Eduardo Magalhães – SINSERPLEM;
VII.  Associação Baiana dos Produtores de Algodão – ABAPA;
VIII.  GACEA – Grupo de Assessoria e Consultoria Educacional Aplicada LTDA- EPP;
IX.  Associação de Agricultores e Irrigantes da Bahia – AIBA;
X.  Associação Comercial e Empresarial de Luís Eduardo Magalhães – ACELEM;
XI.  Câmara Municipal de Luís Eduardo Magalhães;
XII.  Secretaria de Segurança, Ordem Pública e Trânsito;
XIII.  Prefeitura de Luís Eduardo Magalhães;
XIV.  5° CIA/PM de Luís Eduardo Magalhães;
XV.  Ordem dos Advogados do Brasil – OAB – Seção de Luís Eduardo Magalhães;
XVI.  Sindicato dos Produtores Rurais de Luís Eduardo Magalhães

Blog Nei Vilares/O Expresso LEM
Comentar

Dilma veta correção de 6,5% do IR e renegociação da dívida dos clubes

Quarta-feira, 21 de Janeiro de 2015 às 08:19 | Seja o primeiro a comentar!
Política

O reajuste na tabela do Imposto de Renda e a renegociação da dívida dos clubes de futebol com a União (leia mais no SuperEsportes) foram vetados pela presidente Dilma Rousseff. Os itens estão na Medida Provisória nº 656/14, assinada pela presidente ontem e que será publicada na edição do Diário Oficial da União de hoje. Na análise da proposta, que aborda mais de 40 temas diferentes, o Planalto levou em consideração a resolução de não aumentar gastos. Outra proposta que ainda deve sofrer vetos é o Código do Processo Civil que, entre outros temas, prevê o pagamento de honorários aos advogados da União e também tem impacto fiscal. O projeto está em fase de sanção. 

Ontem, o ministro da Fazenda, Joaquim Levy, defendeu a proposta do governo de correção da tabela para 4,5%, equivalente ao centro da meta da inflação. O texto final, aprovado pelo Congresso Nacional, altera para 6,5%. Pela proposta dos parlamentares, a isenção vale para quem recebe até R$ 1.903,99. Já pelo índice do governo, só é dispensado de pagar a alíquota quem ganha até R$ 1.868,22 por mês. Com o veto, a presidente deve editar outra MP, com a correção de 4,5%. 
Além da tabela do Imposto de Renda, a renegociação da dívida dos clubes foi alvo da canetada presidencial. O dispositivo, incluído por integrantes da bancada da bola, permitia que uma dívida de cerca de R$ 3,7 bilhões com a União fosse renegociada sem nenhuma contrapartida. O documento do Congresso previa  prazo de 20 anos para quitar o débito, com redução de 70% das multas isoladas, de 30% dos juros de mora e de 100% sobre o valor de encargo legal. O item já corria o risco de veto antes mesmo de a proposta ter o aval dos senadores, mas foi mantido para que o texto não precisasse voltar para análise dos deputados. A manobra evitou que a votação fosse adiada para depois do recesso parlamentar. 

O texto, editado pelo governo originalmente para fazer ajustes no setor econômico, como a prorrogação de incentivos fiscais e a criação de medidas para estimular o crédito, se tornou uma colcha de retalhos (veja quadro). Um dos itens incluídos foi a liberação da construção de aeroportos privados para voos comerciais. Entre eles, está o de Caieiras, em São Paulo — mas o tema também corre risco de ser alvo da canetada presidencial. A proposta foi vetada uma vez pela presidente, em maio do ano passado. A MP também cria subsídio à aviação regional e prorroga o regime de tributação de construtoras de habitações no programa federal Minha Casa, Minha Vida até 2018. 

Blog Nei Vilares/CB
Comentar

Lídice e Pinheiro pressionam Congresso pelo fim da reeleição

Quarta-feira, 21 de Janeiro de 2015 às 08:15 | Seja o primeiro a comentar!
Política

Desde que a reeleição foi permitida no Brasil, já se tornou cultural prefeitos e governadores assumirem seus cargos já pensando em governador por oito anos ininterruptos. Antes, os gestores públicos até que arregaçavam as mangas em prol do desenvolvimento das cidades e dos estados, uma forma garantida de carimbar o passaporte para o segundo mandato. Mas, hoje, apenas as barganhas políticas em troca de apoios pode garantir a reeleição, mesmo que o administrador não esteja tão bem perante a opinião pública. O que vale é contar com aliados políticos que lhe garantam votos suficientes para garantir a eleição.

Após o pleito de 2014, os senadores baianos Lídice da Mata (PSB) e Walter Pinheiro (PT) apresentaram proposições de mudanças das atuais regras do processo eleitoral e têm pressionado os colegas a discutir o assunto, apesar do total desinteresse de muitos, que preferem manter o modelo atual.
A Proposta de Emenda à Constituição (PEC 32/2014) apresentado no Senado por Lídice, por exemplo, estabelece o fim da reeleição para presidente da República, governadores e prefeitos.

Já Pinheiro apresentou a PEC 35/2014 que, para o petista, a reeleição desvirtua a igualdade de oportunidades entre os candidatos. “A reeleição permanece como uma forma de subverter o princípio da alternância no poder, que é uma das características essenciais dos regimes democráticos”, defende o parlamentar baiano. A proposta de Pinheiro também estabelece mandato de cinco anos para chefes do Executivo e parlamentares, com encurtamento do mandato de oito anos dos senadores, e restringe o acesso ao Fundo Partidário e ao tempo de rádio e TV.

Outra duas propostas de Lídice tratam do fim do uso da estrutura do governo nos pleitos. Um dos textos da senadora limita a propaganda de governo no período pré-eleitoral. Outro projeto aumenta o prazo de proibição de pronunciamentos de agentes públicos candidatos dos atuais três meses para seis meses antes das eleições. Ainda nessa linha, há a Proposta de Lei Suplementar (PLS 324/2014) que proíbe o uso, pelo chefe do Poder Executivo, das sedes de governo na propaganda eleitoral e em entrevistas relacionadas à campanha.

Blog Nei Vilares
Comentar

Aiba tem sua primeira audiência com a ministra da Agricultura

Quarta-feira, 21 de Janeiro de 2015 às 08:07 | Seja o primeiro a comentar!
Política

Conhecer as principais necessidades do setor produtivo de grãos no Brasil. Este foi o objetivo da ministra da Agricultura, Kátia Abreu, ao reunir, no dia 19 de janeiro, em Brasília, a Aiba, Abrapa, Aprosoja, Abramilho, Abrasem, Abrass, Faeg e a Federação de Agricultura. Entre as demandas apresentadas pelas entidades, estavam problemas com logística, adequação da legislação trabalhista para o campo, seguro agrícola, altos custos com taxas, licenças ambientais e cartorárias, normalização do ITR, política agrícola, armazenagem e garantia do preço mínimo.

O presidente da Aiba, Júlio Cézar Busato, destacou o crescente custo de produção nas lavouras brasileiras e, principalmente, nas regiões agrícolas do Cerrado, onde os solos exigem uma quantidade maior de fertilizantes e um controle mais acentuado de pragas e doenças. “Na década de 1990, produzir um hectare de soja custava U$220. Hoje, gastamos quase U$ 900 para produzir o mesmo hectare de soja”, disse Busato, acrescentando que as questões de logística e da área trabalhista também contribuem para o crescimento dos custos de produção.

Outro ponto apresentado pelo presidente da Aiba foi a necessidade de instalação de um Núcleo de Pesquisa da Embrapa Algodão no município de Luís Eduardo Magalhães, oeste da Bahia, região que hoje ocupa o segundo lugar em produção da fibra no Brasil. Também foi solicitada maior agilidade na liberação de outorgas de água e a articulação de efetivas ações interministeriais para a resolução de problemas estruturantes como a construção e recuperação de estradas, hidrovias e ferrovias para que o agronegócio brasileiro ganhe mais competitividade no cenário mundial e continue a gerar emprego e renda.

Blog Nei Vilares
Comentar

Prefeitura de Barreiras iniciará processo seletivo para contratação de servidores

Terça-feira, 30 de Dezembro de 2014 às 12:45 | Seja o primeiro a comentar!
Região
Os cargos são temporários e para a área da saúde

De 05 a 09 de janeiro, a Prefeitura de Barreiras realizará as inscrições para contratação de servidores temporários que atuarão na Secretaria Municipal de Educação. Serão disponibilizadas vagas de nível médio, técnico e superior, os editais foram publicados em Diário Oficial e podem ser consultados por meio do site www.barreiras.ba.gov.br

“Não haverá recolhimento de taxa, os interessados devem procurar a Secretaria Municipal de Saúde no período estabelecido no edital, para efetuar sua inscrição. Após este processo será realizada uma avaliação curricular pela comissão permanente, com base nos dados fornecidos pelos inscritos e também prova de títulos”, explicou a secretaria municipal de saúde Regina Figueiredo.



São mais de 300 vagas imediatas e mais de 600 de cadastro reserva, os contratos serão válidos pelo prazo de seis meses com possível renovação de igual período. 

“Os novos contratados devem garantir mais qualidade nos trabalhos da secretaria de saúde. Tenho certeza de que a comunidade barreirense perceberá a diferença nos atendimentos e também nas atividades preventivas de saúde”, disse o prefeito Antonio Henrique.

Blog Nei Vilares
Comentar

Barreiras: por que não vender o ginásio de esportes?

Terça-feira, 30 de Dezembro de 2014 às 12:35 | Seja o primeiro a comentar!
Política

gin 

Inaugurado no fim da década 80, o ginásio de esportes Baltazarino Araújo de Andrade está simplesmente destruído. O espaço que já sediou jogos e competições importantes da Bahia atualmente serve como parque para usuários de drogas.

A estrutura total do equipamento está danificada. Quem passa pelo local percebe o tamanho do descaso. O ginásio funcionou normalmente até ano de 2010, metade da gestão da ex-prefeita Jusmari Oliveira, depois disso tudo se acabou.

O prédio inteiro - pisos interno e externo das quadras, sanitários, alojamentos, partes hidráulica e elétrica - necessita de uma reforma urgênte, já que poucos espaços públicos existem atualmente para à pratica de atividades esportivas em Barreiras. Enquanto isso não a acontece, os jovens vão se perdendo para outros rumos e, na maioria das vezes, têm um final triste.

A prefeitura de Barreiras informou que está viabilizando recursos para a reforma do centro esportivo, junto à Caixa Econômica Federal, mas que até o momento não existe previsão para o início das obras. (Thiago Vilas Boas)

Sou dos que defendem a otimização dos recursos públicos no sentido de estruturas físicas reduzidas e que por outro lado possam atender o maior número possível de pessoas. Acredito que o terreno do ginásio deveria ser vendido e o valor recebido investido na construção de pelo menos 20 novas quadras de esportes, a recuperação total das existentes e a edificação de no mínimo uns três pequenos ginásios - iguais ao da Escola Padre Vieira - em locais estratégicos do município. Reformar e manter o 'Baltazarinão' será caro e dispendioso, é jogar dinheiro fora, pois não terá o retorno social esperado. (Fernando Machado)

Blog Nei Vilares/Zda Sitio
Comentar

NA REDE

PARCEIROS